May 28, 2017

March 20, 2017

March 18, 2017

March 14, 2017

Please reload

Posts Recentes

Montserrat nos Trilhos de Goiás

March 11, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Montserrat nos Trilhos de Goiás

March 11, 2017

Durante o mês de março, o projeto Montserrat nos trilhos de Goiás irá percorrer os caminhos da Estrada de Ferro pelo interior goiano. A proposta é o resultado do extenso trabalho de pesquisa do Grupo Uccelli, que apresenta uma série de concertos de repertório medieval e renascentista, aproximando o estilo musical da cultura brasileira por meio da ocupação artística que coloca as estações ferroviárias como palco para a combinação de voz, viola de roda, flautas, rabecas, espineta e percussão.

O repertório dos concertos tem como foco a coletânea medieval conhecida por Livro Vermelho de Montserrat, um manuscrito ilustrado com canções do final da Idade Média e encontrado no Mosteiro de Montserrat, em Barcelona (Espanha). A relativa simplicidade das peças forma um desenho melódico de encanto perene, em obras raramente executadas no Brasil, segundo explica a musicista Cristiane Carvalho, que assina a direção artística do projeto. “Da mesma forma, a utilização da malha ferroviária de Goiás como espaço para concertos encontra-se com a revitalização e preservação da memória desse espaço histórico, restituindo sua importância cultural ao Estado”, argumenta.

Além das canções originalmente entoadas pelos peregrinos de Montserrat, a iconografia do período medieval e a tradução de algumas das obras, o Grupo Uccelli também trará, durante as apresentações, as histórias das estações, contadas por antigos ferroviários e registradas em documentário produzido pelo Iphan. As apresentações passarão pelas cidades goianas de Urutaí, Silvânia, Vianópolis e Goiandira, retomando o percurso da Estrada de Ferro de Goyaz e a história da política desenvolvimentista dos anos 1930, com a Marcha para o Oeste, com a proposta de despertar o público para um gênero musical pouco conhecido em paralelo à necessidade de se preservar a memória cultural.

O Grupo Uccelli surgiu em 2013 com um trabalho pioneiro em Goiás, cujo objetivo é unir o conhecimento teórico e prático de obras consagradas através do tempo, proporcionando, por meio da rica sonoridade dos instrumentos medievais, um diálogo constante entre passado e presente, sacro e secular, cultura popular e erudita. O projeto Montserrat nos trilhos de Goiás é uma idealização de Beatriz Pavan e Cristiane Carvalho, com patrocínio do Fundo de Arte e Cultura de Goiás e apoio do Iphan, por meio do Iphan/GO, como parte das comemorações dos 80 anos da instituição.

Patrimônio ferroviário em Goiás
Conforme estabelece a legislação, cabe ao Iphan a responsabilidade de receber e administrar os bens móveis e imóveis de valor artístico, histórico e cultural oriundos da extinta Rede Ferroviária Federal SA (RFFSA), bem como zelar pela sua guarda e manutenção. Goiás é um dos 18 estados, além do Distrito Federal, com bens inscritos na Lista do Patrimônio Cultural Ferroviário.

Nos últimos anos, o Iphan/GO vem atuando na fiscalização e manutenção desses bens, com destaque para a produção do documentário Memória Ferroviária em Goyaz (2011) e para a restauração das estações ferroviárias de Silvânia, Pires do Rio, Goiandira, Urutaí e Vianópolis (estações de Tavares, Ponte Funda e Caraíba). Após as obras, foram feitas cessões de uso para as Prefeituras municipais, visando o usufruto dos espaços pelas comunidades locais.

 

Extraído do site do Iphan

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now